A democracia é insubstituível e irreversível

O Dia Internacional da Democracia existe há apenas 14 anos, e o regime democrático de direito tal qual conhecemos de forma ininterrupta está vigente há apenas 32 anos, uma vez que a promulgação da Constituição Federal ocorreu em 5 de outubro de 1988. 

O dia de hoje é para que não nos esqueçamos do compromisso que a nação assumiu diante do mundo. Pela primeira vez com a redemocratização na década de 80, e pela segunda vez ao assinar a Declaração Universal da Democracia da Organização das Nações Unidas (ONU) em 1997. 

No Brasil, temos discutido, especialmente nos últimos dois anos, as ameaças autoritárias e a democracia brasileira. Uma narrativa travada durante boa parte da história do país, mas com uma diferença significativa agora: as reações públicas e das instituições demonstram que definitivamente não há espaço para outro regime que não seja o de governantes eleitos pelo povo. 

Ironicamente, a narrativa é alimentada por quem foi eleito democraticamente e que só por essa razão demonstra profunda incoerência.

As ditaduras, sejam quais forem, com qualquer propósito que tenham, devem ser rechaçadas da vida pública, pois alimentam desigualdades e reprimem, especialmente, os mais vulneráveis. 

Levada ao pé da letra, a democracia é o caminho para enfrentar crises grandiosas como a Pandemia da Covid-19. À medida que há maior participação popular nas tomadas de decisões, haverá melhores serviços que diminuam aspectos da pobreza e, consequentemente, em momentos adversos como a restrição ao convívio social, haverá menor impacto socioeconômico.

Em momentos conflituosos como os que temos visto em nosso país, devemos agir em favor da paz e das leis, com apoio a figura das instituições que têm o dever e a missão de intermediar crises de qualquer natureza.  

De qualquer viés político, partidário ou social, a democracia é uma só, é insubstituível e irreversível. 

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.