Sessão Especial debate políticas públicas para a juventude e celebra data

Encontro ocorreu com segmentos de juventude de vários municípios paraenses

As juventudes paraenses participaram de um debate sobre políticas públicas na manhã desta terça-feira (3), na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), em uma Sessão Especial alusiva ao Dia Estadual da Juventude, celebrado anualmente em 4 de novembro.

Foto: Balthazar Costa (AID/Alepa)

O encontro foi conduzido pelo deputado estadual Dirceu Ten Caten, proponente da sessão e presidente da Frente Parlamentar de Juventude da Alepa. Ao abrir o evento, Dirceu fez um breve balanço das atividades realizadas nos últimos anos e frisou que alguns temas têm avançado para atender a população jovem como a reativação do Conselho Estadual de Juventude; a implementação do Programa Juventude Empreendedora e a iminência da abertura de crédito para a juventude empreendedora por meio do Banpará.

“O Conselho é o maior representante da juventude do ponto de vista do controle social das políticas públicas. Então é fundamental o papel do Cojuepa nesse sentido”, enfatizou Dirceu.

O Gerente Estadual de Direitos da Juventude da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sedujh), Flávio Moreira de Paula, garantiu que o conselho estará em plena atividade até o próximo mês: “O Conselho estava há dois anos parado. Hoje deve estar saindo a portaria da comissão eleitoral e, com fé em Deus, até dezembro teremos o Cojuepa – que é normativo, consultivo e deliberativo – funcionando novamente.

Além dos debates, a solenidade contou também com apresentações culturais de jovens, como o grupo de dança de rua Marituba Break. E, contou também, com participantes de forma on-line, além daqueles presentes no auditório João Batista.

Em nome da União Nacional dos Estudantes (UNE), Ingrid Araújo chamou a atenção para a juventude e a pandemia de Covid-19.

“Quando a gente se propõe a discutir políticas públicas, gostaria de frisar principalmente o contexto pandêmico. No que se refere a escolas públicas, nos vimos que os jovens abandonaram esses espaços. Então é importante que a gente dê um olhar mais direto nesse caso.” Disse Araújo.

William Andrei, representante dos portadores de deficiência da juventude, enfatizou que não se houver falar da juventude com deficiência, que as instituições públicas se omitem quanto ao assunto e relembrou que uma das vítimas da chacina de 2014 era deficiente.

“Muitas vezes o poder público tanto o executivo, quanto o legislativo não é presente na periferia. Hoje saúdo uma pessoa que era muito importante pra mim, que faleceu. Era negro, era deficiente e foi morto naquela chacina. Era meu vizinho, trago a memória do Jeferson.” Disse William.

Dia Estadual da Juventude

Nesta quarta-feira (4) é celebrado oficialmente o Dia Estadual da Juventude. A data é fruto de um projeto de lei de autoria do deputado Dirceu ainda em seu primeiro mandato.

Todos os anos, a Frente Parlamentar de Juventude realiza atividades alusivas a data como momento de debates e celebração cultural.

Foto: Balthazar Costa (AID/Alepa)

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.